.mais sobre nós

. gigi

. luisa

.em destaque

. Lista em Português dos al...

. Sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Olá a todos!

. Sintomas

. Os Bons Rapazes e os Maus...

. Os hidratos de carbono

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.MyBlogLog

Join My Community at MyBloglog!

.subscrever feeds

Terça-feira, 15 de Julho de 2008

Olá a todos!

Chamo-me Gisela e escrevo no gi-gi.net.

Fui convidada para partilhar neste blog as minhas experiências com a Dieta South Beach.

Comecei a dieta na mesma altura que a Luísa e está a correr bem. Como ela diz, é fácil fazer asneiras mas também é fácil parar de as fazer.

O meu grande problema até à South Beach foi que não sabia, na verdade, o que era preciso fazer para não ter fome. Pensava que comendo coisas com poucas calorias ia emagrecer, o que é verdade. O truque é libertarmo-nos daquela vontade estúpida de comer a toda a hora. Cortar nos amidos (hidratos de carbono que são absorvidos mais depressa) é a forma mais eficaz.

 

A primeira fase da dieta foi um bocado estranha. Não só estava a aprender a cozinhar de uma maneira nova e nada intuitiva como tinha sintomas estranhos como tonturas, sonolência, etc.

No fim das 2 semanas que prefazem a primeira fase já me sentia melhor e poder beber um copo de vinho ao fim de semana e uma fatia de pão todos os dias ao jantar foi estupendo!

Hoje em dia como tudo o que quero, o que devo comer e o que não devo. A maior parte do tempo como o que devo e sinto-me feliz por isso. Por saber que estou a comer bem e a emagrecer. Quando como o que não devo, aos fins de semana por exemplo - gelado ou pizza - não fico muito preocupada porque sei que aprendi a comer e que não é por comer pizza de vez em quando que o gato vai às filhoses! ;)

publicado por gigi às 14:38

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 26 de Março de 2008

Sintomas

Fase 1 - Dia 2/15

De todos os sintomas que o desmame dos hidratos de carbono fazem estou neste momento a sentir a realidade muito vaga. Como se tudo fosse um género de sonho.

Também tenho uma ligeira dor de cabeça.

Não é muito mau e parece que passa rapidamente.
publicado por luisa às 15:20

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008

Os Bons Rapazes e os Maus Rapazes

Segundo o livro The Big Book Of Low-Carb Recipes (O Grande Livro das Receitas Baixas em Hidratos de Carbono) de Nicola Graimes, os alimentos ricos em hidratos de carbono "maus" mais conhecidos são os seguintes:
  • Massa e arroz brancos;
  • Pão branco;
  • Açúcar refinado;
  • Bolachas e bolos;
  • Chocolate e rebuçados;
  • Batatas fritas e aperitivos salgados;
  • Cereais de pequeno almoço com açúcar e barras de cereais;
  • Refrigerantes, licores e sumos de fruta;
  • Comida pré-feita;
  • Molhos de pacote ou daqueles em frasco, já feitos;
  • Pizzas e empadas.

Os "bons" hidratos de carbono encontram-se em alimentos como:
  • Massa integral;
  • Pão integral com sementes;
  • Arroz integral.
E estes têm que ser comidos com moderação em doses de 55g (aprox.), não em grandes porções. Não podemos cortar os hidratos de carbono da nossa dieta diária porque dessa forma estaríamos a privar o nosso corpo de vitaminas e minerais valiosos para a nossa saúde.

Outra dica interessante - Não abusar do trigo. Muitas pessoas são intolerantes ao trigo e ficam inchadas sem saber porquê. Em vez de trigo usar mais coisas feitas de aveia, cevada, centeio e arroz.

Mas sempre com muita moderação!
publicado por luisa às 09:55

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2008

Os hidratos de carbono

Vou começar - agora a sério - a restringir os piores hidratos de carbono da comida - batatas, arroz, massa, pão, sacarose.

Porquê? Porque estes hidratos de carbono são absorvidos com demasiada rapidez pelo sistema digestivo e causam sonolência, fome e frustração.
Isso deve-se aos diferentes níveis de insulina e de glucose no sangue que cada alimento faz disparar no nosso corpo.
Ao controlar esses alimentos estamos a controlar os terríveis efeitos secundários das dietas convencionais. Em particular a fome e o sentimento de desespero de estar numa dieta.
O meu objectivo é aprender a comer bem, não abusando destes hidratos de carbono, emagrecer até ao meu peso ideal e mantê-lo.

Agora, o mais difícil é mesmo arranjar maneiras de fazer refeições sem batatas, arroz, massa ou pão... Parecem elementos essenciais, não é? Espero descobrir que não.
publicado por luisa às 12:17

link do post | comentar | favorito
|