.mais sobre nós

. gigi

. luisa

.em destaque

. Lista em Português dos al...

. Sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Asneiras

. Pequeno-almoço

. Fase 2 - Dia 6

.tags

. todas as tags

.arquivos

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.subscrever feeds

Segunda-feira, 9 de Junho de 2008

Asneiras

É inevitável fazer asneiras. Há tentações, jantares em casa de amigos e familiares, dias especiais, etc.

Seja por que razão for, sempre que faço asneiras fico um bocado arrependida no fim. No entanto, penso que é importante não esquecer que não é assim tão grave uma asneirita de vez em quando. O problema é quando são umas atrás das outras. Mas mesmo assim não é muito problemático. Temos é que nos lembrar que podemos controlar o descarrilamento voltando à fase 1 da dieta.

O importante é não pensar como uma vítima. Vocês sabem, pensamentos do género:

 

- Poça, nunca posso comer nada.

ou

- Toda a gente come o que quer menos eu.

 

Porque não é verdade. Podemos comer de tudo. Não devemos é comer certas coisas a toda a hora.

 

No fim de semana eu e o meu marido temos feito algumas asneiras. Por norma a asneira é gelado. Fazendo isso de uma maneira consciente poupamos o nosso corpo à sensação de stress em que fica por pensarmos estarmo-nos a privar de tudo. Ao mesmo tempo, controlamos os estragos porque percebemos que a fome que temos a seguir é o "açúcar a falar".

 

Para além disso não é por estas pequenas "asneiras" que o peso pára de descer. Desce de maneira lenta e saudável, como deve ser.

publicado por luisa às 15:56

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 2 de Junho de 2008

Pequeno-almoço

Nunca há muito tempo, de manhã, para estar a cozinhar e só o facto de pensar em cozinhar acho que deixa qualquer pessoa um bocadinho enjoada.

Para não correr o risco de saltar pequeno almoço decidi, desde o princípio, comer ovos cozidos de manhã.

Há um dia por semana em que faço uns 10 ovos cozidos e guardo-os no frigorífico, numa caixa.

De manhã, antes de sair, tiro a casca a um deles, molho-o num bocadinho de mostarda e como. Acompanho com um copo de sumo de tomate ou de vegetais.

É muito prático e satisfatório. Acho que é uma óptima maneira de comer o pequeno-almoço e a verdade é que ainda não me fartei de ovos cozidos.

 

Outras sugestões:

 

Ovo cozido com uma fatia de fiambre enrolada à volta e sumo de vegetais.

Ovo cozido numa pequena saladinha de tomate, com sal e azeite.

publicado por luisa às 12:58

link do post | comentar | favorito
Domingo, 13 de Abril de 2008

Fase 2 - Dia 6

A primeira fase já passou à quase uma semana. A segunda fase está a correr muito melhor. Poder juntar fruta ao menu é magnífico. Nunca fui muito apreciadora de fruta mas a maçã que como todos os dias ao fim da noite sabe-me a um pedacinho de céu.

Infelizmente fiz batotice. Não por minha culpa, a sério! Tive que ir à casa da sogra e é muito difícil ter que explicar às pessoas que não quero comer coisas como batatas ou arroz. Por isso optei por comer e calar. Não quero ninguém a sabotar a minha alimentação com comentários que me possam deprimir. Prefiro fazer segredo da dieta.
Aliás, isso é uma coisa que eu recomendo. Estou a fazer a dieta com o meu marido e só comento com ele os bons resultados e os pormenores da dieta. O resto das pessoas, por muito boas intenções que tenham, só servem para nos fazer sentir mal. A conversa normal é algo do género:

- Ah! Mas não precisas!
ou
- Estás com a mania das dietas, é?
ou
- Só um bocadinho de batatas (ou arroz, ou pão, ou bolo, etc...) não faz mal nenhum!
ou
- Não se pode ser fundamentalista!
ou, o clássico...
- Não é natural deixar de comer essas coisas. Isso até faz mal!

O melhor é não dar satisfações. Tentar falar de outra coisa e seguir em frente.
publicado por luisa às 18:52

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito